Biologia Molecular
Biologia molecular
Resultado dos Exames
Senha
Biologia Molecular é o estudo da Biologia em nível molecular, com especial foco no estudo da estrutura e função do material genético e seus produtos de expressão, as proteínas.

Mais concretamente, a Biologia Molecular investiga as interações entre os diversos sistemas celulares, incluindo a relação entre DNA, RNA e síntese proteica.

A Reação em cadeia da polimerase (PCR) é uma metodologia na biologia molecular, que se baseia na amplificação exponencial seletiva de uma quantidade reduzida de DNA de uma única célula. A técnica funciona através da desnaturação por calor, pareamento com primers específicos e polimerização com enzimas (DNA-polimerase), gerando-se milhões de fragmentos idênticos ao do DNA investigado, o que determina a grande sensibilidade do método.

O objetivo da PCR é produzir uma quantidade apreciável de um segmento específico de DNA a partir de uma quantidade mínima. O DNA molde sofre uma amplificação controlada por enzimas, obtendo-se milhões de cópias do fragmento de DNA de interesse. Pode usar-se uma gota de sangue, um fio de cabelo, uma célula da mucosa, amostras de urina, fezes, etc.

 Vantagens desse exame

As vantagens de se realizar um diagnóstico utilizando a análise do DNA pela PCR incluem: sua sensibilidade para detecção de patógenos; a velocidade com a qual pode identificar um organismo; o processamento de um grande número de espécimes em um mesmo ensaio; a capacidade de examinar amostras diretamente nas partes lesadas; e de distinguir entre organismos que são morfologicamente similares; além de permitir identificar microorganismos, mesmo os que não são viáveis ou cultiváveis.

A PCR identifica diretamente o DNA de vírus, bactérias e protozoários, causadores das infecções, mesmo antes da exteriorização patológica dos sintomas. Este método diagnóstico é útil no diagnóstico, prognóstico, determinação da terapia a ser utilizada, e até mesmo na avaliação da eliminação dos organismos após a terapia medicamentosa.