02abr

Com bastante frequência no estudo radiográfico torácico completo, para a investigação de metástases, as mesmas não são detectadas, a não ser através da tomografia computadorizada. Por isso, quando no estudo radiográfico as metástases são visualizadas, o diagnóstico é fechado.  Quando no laudo radiográfico constar a não visualização de imagens nodulares sugestivas de metástases, recomenda-se o exame tomográfico complementar. 

Esta informação é de fundamental importância, porque tal fato ocorre com bastante frequência. É péssimo achar que o pet não tem metástases, porque as imagens radiográficas não as detectaram, quando na realidade as mesmas existem.