02abr

Eu sei bem como a gente sofre levando nosso bichinho ao veterinário. Chegando lá ele começa a se tremer todo, aí o médico mexe dali, mexe acolá. Quando tem que tomar vacina ou tirar sangue então, melhor eu nem olhar! Mas é exatamente por amarmos muitos os peludos que devemos levá-los com certa frequência para fazer uma visitinha ao tio veterinário.  Por isso hoje vou fazer esse post para te convencer da importância de levar o seu pet ao veterinário. Olha só:

Frequência

Muitos donos de pets costumam levar o bichinho ao veterinário apenas para tomar as vacinas (às vezes nem isso) ou quando ele apresenta algum problema de saúde. Acontece que, algumas doenças muito comuns só manifestam sintomas quando já estão em um estado avançado. Ou seja, a melhor forma de cuidar da saúde do seu bichinho é a prevenção. Levá-lo com a frequência correta ao veterinário para realizar exames é a forma mais certa de garantir um animal saudável. Caso ele esteja com alguma doença, nesses exames de rotina elas serão mais facilmente identificadas e muitas vezes ainda em estágios iniciais, o que vai facilitar muito mais o tratamento.

Sendo assim, a frequência que você deve seguir para levar o pet ao veterinário é a seguinte:

Filhotes: Até os seis meses de idade, seu bebê peludo deve fazer consultas regularmente no veterinário, para que ele possa acompanhar o crescimento e o desenvolvimento da bolinha de pelos.

Adultos: a partir dos sete meses, seu pet já é considerado adulto (para os veterinários, porque para nós, são sempre bebês). Nessa fase da vida, consultas anuais serão suficientes. Nas visitas ao veterinário seu animal vai receber as doses de vacina e fazer um check-up geral.

Idosos: Entre os sete e oito anos de idade o animal já entra na melhor idade! Consultas semestrais são as mais indicadas para essa fase da vida, acompanhando de perto a saúde do bichinho.

Fora isso, nas três fases da vida você deve sempre fazer o controle de pulgas e carrapatos de forma mensal e também o uso mensal ou trimestral de vermífugos.